Dicas para aumentar a testosterona

A testosterona é um hormônio masculino responsável pelas características sexuais do gênero, como exemplo, engrossamento da voz, crescimento de pêlos, aumento da libido, ganho de força, hipertrofia e outros. Com o passar do tempo ocorre uma diminuição desse hormônio, normalmente, aos 30 anos de idade.

Muitos homens, principalmente os praticantes de atividades físicas, buscam maneiras de repor e regular os níveis de testosterona. É comum optarem até mesmo por produtos como o gel macho macho para melhorar o desempenho sexual.

Mas, existem maneiras de aumentar a testosterona de forma natural, seguindo dicas simples. Confira:

COMA GORDURAS MAIS SAUDÁVEIS

Existe uma certa preocupação com o consumo de gorduras, mas o consumo adequado de gorduras boas favorecem inúmeros benefícios para o organismo. A produção de testosterona está relacionada ao consumo de gorduras na dieta. Diminuir o consumo de gorduras diárias de 40% para 25%  boas, também diminuiu significativamente a produção de testosterona.

Mas nem todos os tipos de gorduras são saudáveis ​​e nem todos agem da mesma maneira. As gorduras mono e gorduras saturadas (animal) são benéficas para a produção de testosterona.

Ácidos graxos ômega-3, além de ser muito bom para sua saúde cardiovascular, também são essenciais para ter efeitos positivos na produção de testosterona.

As gorduras trans ou hidrogenada , além de ser cancerígenas, têm efeitos negativos sobre os hormônios, evite gorduras trans a todo custo .

Consumir mais gorduras monoinsaturadas (azeite, abacate, azeitonas, pistaches, amêndoas …) e animal saturadas (carne, ovos, manteiga, laticínios …). Consumir mais ácidos graxos ômega-3 (peixe azul e frutos do mar) e reduzir o consumo de ácidos graxos ômega-6(óleos vegetais, sementes …).

Eliminar as gorduras trans completamente de sua dieta (margarina, biscoitos, alimentos de padaria, industrializados …), estas são as verdadeiras gorduras ruins, muito prejudiciais à saúde.

ATENTE-SE AO CONSUMO DE ZINCO

Os níveis de zinco também estão relacionados ao nível de testosterona. O aumento do consumo de zinco acima das quantidades diárias recomendadas não fará com que você produza mais testosterona, mas uma oferta insuficiente desse mineral pode diminuir os níveis do hormônio.

Se você tem uma dieta completa e equilibrada, não é necessário adicionar nenhum suplemento à sua rotina. Mas se você não é capaz de cobrir as quantidades diárias recomendadas de zinco em sua dieta, consulte seu médico para orientação suplementar.

TREINAMENTO DE FORÇA E ALTA INTENSIDADE

Treine sua força e você estará dando razões reais para o seu corpo produzir mais testosterona. A testosterona é responsável por regular o crescimento e o desenvolvimento muscular . Após o treinamento de força, seu corpo produz mais testosterona para fortalecer seus músculos. É uma forma natural de doping.

O treinamento de força melhora o nível de testosterona em qualquer idade. Embora, obviamente, o aumento não seja o mesmo em adultos como em jovens.

O treinamento intervalado de alta intensidade e sprints também causam uma resposta hormonal benéfica em seu corpo. Para executar sprints e treinamentos intervalados e ter uma boa forma física é necessário ter  um tempo de adaptação. Mas, o treinamento de força pode começar a partir do primeiro dia, independentemente do seu nível de resistência atual. Procure ajuda de um profissional capacitado para orientações.

REDUZA O ESTRESSE E MELHORE SEU DESCANSO

O estresse é prejudicial a flora intestinal e saúde cardiovascular . E como se isso não bastasse, também impede que você diminua os níveis de gordura corporal . Praticamente todas as doenças modernas são agravadas pelo estresse e pela falta de descanso.

O estresse crônico aumenta os níveis de cortisol, hormônio que não tem boa relação com sua testosterona.

A falta de sono também faz com que os níveis de cortisol sejam maiores. O descanso insuficiente tem  praticamente os mesmos efeitos prejudiciais em seu corpo do que o estresse crônico.

Então, faça o possível para reduzir seus níveis de estresse, descansar mais e melhor.

AUMENTE SEUS NÍVEIS DE VITAMINA D

A vitamina D é outro dos micronutrientes que podem estar relacionados ao seu nível de testosterona. Certamente você já notou como a produção de hormônios sexuais aumenta à medida que o verão se aproxima. É provável que o aumento nos níveis de vitamina D devido à exposição solar tenha algo relacionado a isso. Se você não tem a possibilidade de se expor à luz solar, a suplementação com vitamina D também pode funcionar, mas não é equivalente a sintetizar essa vitamina naturalmente.

FAÇA SEXO COM MAIS FREQUÊNCIA

Esse conselho não precisa de mais explicações, você sabe que a testosterona é o hormônio sexual por excelência. Qual melhor maneira de aumentar seus hormônios sexuais do que com mais sexo?

A literatura científica também é clara. A atividade sexual afeta seu nível de testosterona em uma extensão maior do que seus níveis anteriores de testosterona afetam a atividade sexual.

Blog Lá Folia – Dicas de saúde e beleza

Como você lida com o estresse?

lida com o estresse

lida com o estresse

Uma  pergunta comum da entrevista que você pode ser feita é: “Como você lida com o estresse?” Você precisa estar preparado para responder, porque o entrevistador não quer ouvir que você nunca fica estressado. Afinal, todo mundo sente estresse de uma vez ou outra no trabalho. Em vez disso, o empregador quer ver se você sabe como a pressão afeta você e como você a gerencia.

Para responder a essa pergunta com sucesso, você desejará fornecer exemplos específicos de como você lidou bem com o estresse no passado. Você também pode fornecer exemplos de momentos em que a pressão realmente fez de você um funcionário mais produtivo.

Dicas para responder perguntas da entrevista sobre o estresse

A melhor maneira de responder a essa pergunta é dar um exemplo de como você lidou com o estresse em um trabalho anterior. Dessa forma, o entrevistador pode obter uma imagem clara de quão bem você trabalha em situações estressantes.

Outro maneira muito boa de responder também é contanto quais problemas você já teve com o estresse, como por exemplo a ejaculação precoce. E falar que você teve que ir em um especialista do assunto para cuidar do seu estresse. Afinal, Ejaculação precoce qual médico procurar é o urologista

Evite mencionar um momento em que você se coloca em uma situação desnecessariamente estressante. Por exemplo, não compartilhe uma história sobre um momento em que você estava estressado porque procrastinou e teve que concluir um projeto rapidamente. Em vez disso, descreva uma ocasião em que você recebeu uma tarefa difícil ou várias tarefas e subiu para a ocasião.

Você também não deve se concentrar muito em como estressado você se sentiu. Embora você deva admitir que o estresse acontece, enfatize como você lidou com o estresse, e não como isso o incomodou. Se possível, evite dizer que você está estressado por uma situação que será comum no trabalho para o qual você está se candidatando.

Você pode até considerar mencionar como um pouco de estresse pode ser um motivador útil para você. Você pode fornecer um exemplo de uma vez que o estresse de um projeto difícil ajudou você a ser um trabalhador mais criativo e produtivo.

Exemplos das melhores respostas

  • A pressão é muito importante para mim. Boa pressão, como ter muitas tarefas para trabalhar ou um prazo final, ajuda-me a permanecer motivado e produtivo. Claro, há momentos em que muita pressão pode levar ao estresse; No entanto, sou muito habilidoso em equilibrar vários projetos e cumprir prazos, o que me impede de me sentir estressado com frequência. Por exemplo, uma vez eu tive três grandes projetos vencidos na mesma semana, o que foi muita pressão. No entanto, como criei uma programação que detalhava como dividir cada projeto em pequenas tarefas, concluí todos os três projetos antes do tempo e evitei estresse desnecessário.
  •  Eu tento reagir a situações, ao invés de estresse. Dessa forma, a situação é tratada e não se torna estressante. Por exemplo, quando lidei com um cliente insatisfeito, em vez de me concentrar em me sentir estressado, concentro-me na tarefa que tenho em mãos. Acredito que minha capacidade de me comunicar efetivamente com os clientes durante esses momentos ajuda a reduzir meu próprio estresse nessas situações e também reduz qualquer estresse que o cliente possa sentir.
  •  Eu realmente trabalho melhor sob pressão, e descobri que gosto de trabalhar em um ambiente desafiador. Como escritor e editor, eu prospero com prazos e projetos múltiplos. Acho que quando estou sob a pressão de um prazo, posso fazer alguns dos meus trabalhos mais criativos. Por exemplo, meu artigo mais recente, pelo qual ganhei um prêmio de redação regional, foi atribuído a mim apenas alguns dias antes da data de vencimento. Eu usei a pressão desse prazo para aproveitar minha criatividade e foco.
  •  Eu sou muito sensível às nuances da dinâmica de grupo. Se houver uma quantidade insatisfatória de estresse dentro da equipe, também posso sentir algum estresse. Então, o que eu faço é tentar ouvir proativamente as preocupações das pessoas ao meu redor, verificando com frequência para ver se elas mesmas estão sob estresse. Se forem, penso em como posso ajudá-los com sua carga de trabalho para que o estresse coletivo da equipe não se agrave. Quando a equipe está feliz, estou feliz.

Gerenciando o estresse durante a entrevista

Entrevistas de emprego são estressantes para a maioria das pessoas. Mesmo que você tenha entrevistado muito, pode ser um desafio manter a calma e ser organizado. Você está conhecendo novas pessoas em um novo ambiente e está tentando vender suas credenciais para alguém que possa ser seu próximo chefe.

Uma grande parte do manuseio do estresse é a preparação. Certifique-se de pesquisar a empresa com antecedência e praticar respondendo perguntas comuns da entrevista. Quanto mais você pratica, mais confortável você se sentirá na entrevista.

Você também pode reduzir o estresse evitando pensamentos negativos (“não vou conseguir esse emprego”) e, em vez disso, visualizando uma entrevista bem-sucedida (por exemplo, imagine ter interações positivas com o entrevistador). Faça essa visualização nas horas antes da entrevista.

Se você começar a se sentir estressado pouco antes da entrevista, tente respirar fundo ou dois para relaxar. Durante a entrevista, sinta-se à vontade para respirar ou tomar um gole de água antes de responder a uma pergunta. Isso lhe dará tempo para se recompor e preparar sua resposta.

Sua linguagem corporal durante a entrevista também pode ajudar a transmitir que você está relaxado. Tente evitar mexer demais. Fique em pé e olhe o entrevistador nos olhos (mas não olhe). Ao parecer calmo e confiante, você se sentirá confiante.

Ser capaz de lidar efetivamente com uma entrevista de emprego estressante indicará aos empregadores que você também será capaz de lidar com o estresse no ambiente de trabalho.

Perguntas relacionadas à entrevista

Seu entrevistador fará várias perguntas sobre você, como “Conte-me sobre sua habilidade pessoal mais forte” ou “Por que você quer esse emprego?” Revise essas  perguntas da entrevista sobre você  para estar pronto com as melhores respostas.

Existem muitos tipos diferentes de perguntas que o entrevistador pode fazer, então é bom estar pronto. Confira essas  perguntas e respostas da entrevista e reserve algum tempo para praticar. Talvez até encontre um amigo ou colega que esteja disposto a fazer o papel do entrevistador para que você possa praticar em voz alta.

Finalmente, o entrevistador também perguntará se você tem alguma dúvida sobre a empresa ou sobre o trabalho, por isso é bom ter alguns prontos para não aparecer em branco. Leia sobre a empresa e as pessoas que trabalham lá e também veja essas  perguntas da entrevista para fazer .

 

Exercitar menos para perder mais peso

perder mais peso

Você se cansa na academia todos os dias, mas não consegue perder um quilo? (Ou talvez você esteja ganhando!) Eu conheço muitas pessoas que seguem dietas restritivas, privando seu corpo do que ele precisa, tudo isso enquanto o pratica atividade física. A questão é, não vale a pena … e perda de peso não funciona dessa maneira!

Por que exercitar sozinho não vai ajudar perder peso:

Durante anos nos disseram, “queime mais calorias do que você ingere e perderá peso!”, Por isso não é de admirar que gastemos horas ou horas correndo ou “elipticando” para queimar quantas calorias pudermos. até hoje, não houve um único estudo mostrando que o exercício sozinho causa perda de peso significativa.

Uma das principais razões para a queima de milhares de calorias através do exercício ainda pode resultar em não perder um único quilo é por causa de uma coisa importante que você não ouve falar muito frequentemente de especialistas em perda de peso ou a mídia. Chama-se inflamação. Muito exercício pode causar inflamação em seu corpo. Se você se exercita muito duro diariamente, há uma abundância de inflamação acontecendo que seu corpo não está recebendo uma pausa. Isso explicaria não apenas a sua incapacidade de perder peso – já que seu corpo está constantemente combatendo incêndios dentro de você -, mas também é por isso que você pode realmente ganhar peso por se exercitar demais – por causa de toda a inflamação combinada.

Eu aprendi isso da maneira mais difícil quando comecei a correr maratonas. Quando eu continuei a ganhar peso ao adicionar milhas às minhas corridas diárias, descobri que era devido à inflamação que minha longa duração de atividade cardiovascular estava causando no meu corpo. O mesmo é verdade para todas as pessoas que você vê na academia na máquina elíptica por mais de uma hora – eles estão se dando estrelas douradas quando estão realmente fazendo mais mal do que bem.

Aqui está o que acontece: Essencialmente, a inflamação drena seu metabolismo porque seu corpo está focado na cura. “Cárdio crônico” (como é referido) também pode aumentar a produção de cortisol pelo seu corpo – o hormônio do estresse – preparando-o para ganhar peso aumentando os níveis de açúcar no sangue e ativando a liberação de insulina, o hormônio que armazena gordura.

Cinco coisas que você pode começar a fazer hoje para começar a perder peso:

  1. Comece a faltar a acadêmia.

Desistir da rotina diária da academia não significa necessariamente que você precisa parar completamente de se exercitar. Tudo o que isso significa é cortar para permitir que seu corpo se recupere e, em seguida, adicionar gradualmente diferentes tipos de exercícios. Os tipos certos de exercício podem ser incrivelmente benéficos para impulsionar o metabolismo, de modo que a conclusão aqui é que nem todos os tipos de exercício são criados iguais . É a atividade de resistência diária, repetitiva e crônica que é contraproducente e inflamatória. Um primeiro passo saudável é tirar uma folga de treinos intensos por algumas semanas e abraçar exercícios de ioga, pilates e exercícios de baixa intensidade. Depois de algumas semanas, recomendo que você faça acréscimos de atividade em intervalos de alta intensidade, algumas vezes por semana, para apoiar o seu metabolismo. Veja o ponto 2! E confira este post do blog para saber o que eu faço para meus exercícios, por que eu os faço e como eles evoluíram. (Existem algumas bombas de conhecimento de grande importância aqui!)

  1. Comece a incorporar o HIIT (High Intensity Interval Training).

A intensidade é mais importante que a frequência. Este pode ser o mais simples interruptor para aumentar o metabolismo que você pode fazer: mudar de treinos longos, lentos, chatos, com rodas de hamster para rajadas mais curtas de intervalos de alta intensidade com dias de descanso intermediários para recuperar adequadamente! Este tipo de exercício dá ao seu metabolismo um impulso inicial sem causar estresse (inflamação) no corpo. Exercícios intervalados de alta intensidade estão alternando períodos curtos de exercício intenso com períodos de recuperação. É tão simples quanto fazer algum exercício e depois descansar. Estes exercícios de treinamento intervalado de alta intensidade são do tipo que realmente turbina o seu metabolismo, e como um bônus: eles não exigem grandes períodos de tempo … também incrível! Para os seus intervalos, você pode misturá-lo incluindo conjuntos de atividade cardiovascular e treinamento de resistência (força) para manter seu coração bombeando e seus músculos fortes também. Jumping jacks, alpinistas e subindo e descendo as escadas contam para exercícios aeróbicos, e agachamentos, flexões e lunges são mais exercícios de treinamento de força. Burpees e saltos de agachamento são ambos!O que eu pessoalmente recomendo (e faço) é que você ajuste seu cronômetro por 30 segundos. Faça séries dos exercícios que acabei de descrever, e quaisquer outros movimentos que você ame por 30 segundos e então faça um intervalo de 30 segundos entre os sets. A pausa é permitir que o seu corpo descanse para que você possa se esforçar novamente, mas não tanto que se recupere completamente entre as séries. Você pode fazer 20 segundos e 40 segundos, ou 15 segundos e uma pausa de 45 segundos, especialmente quando você inicia este regime, ou quando você está começando a se sentir cansado, como no final do treino. Você pode começar com apenas alguns minutos e trabalhar até 10 ou 15 minutos de cada vez, com base em como seu corpo se sente.Sugiro começar com três a cinco minutos desse intervalo de exercícios alguns dias por semana, e você pode trabalhar até dez ou quinze minutos algumas vezes por semana. Esse tipo de exercício pode ser feito em casa sem ir a uma academia, e quando o tempo está bom, você pode fazer o mesmo tipo de coisa fora – intervalos de 30 segundos, alternando entre corrida e caminhada – ou pular se você for aventureiro !

  1. Faça disso um ponto para o REST!

Se você já passou por exercícios, então, para perder peso, será fundamental que você faça uma pausa no exagero e permita que seu corpo tenha a chance de descansar e se curar. Se você está realizando longas horas de atividades de resistência todos os dias e não se dá um tempo, como você espera que seu corpo se recupere? Toda vez que seu corpo está inflamado, ele se concentra em curar essa inflamação como sua principal prioridade. Não perda de peso. Não é energia. Não felicidade. Apenas curando. Todo exercício pode produzir uma resposta inflamatória e um metabolismo retardado se você estiver fazendo muito, então faça seus exercícios mais difíceis (não mais) e não mais freqüentes. Certifique-se de que você está bem descansado para que você possa fazer exercícios mais difíceis, embora mais curtos. Exercer desta forma suporta o seu metabolismo mais sem promover a inflamação. Assim como é absolutamente errado restringir seu corpo dos nutrientes de que necessita (como gordura ou calorias), sujeitar seu corpo a um estado constante de inflamação também o desonra. Dê ao seu corpo períodos de descanso e recuperação, e ouça-o em vez de fazer coisas que ele não goste.

  1. Suplemento!

Depois que eu mudei meu regime de exercícios, junto com a adição de vitaminas de qualidade que eu não estava tomando até o momento, comecei a perder peso. Vinte quilos saíram sem esforço. Longa história curta: Suplementos foram um fator-chave que mudou tudo para mim, e eu ainda faço questão de tomar todos os dias. A história mais longa é que suplementos de baixa qualidade e não regulamentados- aqueles que você encontra nas prateleiras das lojas – podem na verdade estar causando inflamação e um tempo de recuperação mais lento, afastando-o dos seus objetivos em vez de ajudá-lo! Isso é algo que aprendi da maneira mais difícil, e muitos de nossos clientes infelizmente também sofreram no passado. Há uma combinação misteriosa de ingredientes desconhecidos e aditivos em produtos nas prateleiras das lojas que nós, como consumidores, nem sequer conhecemos. Todo esse lixo é prejudicial para o seu corpo! Ele amortece o metabolismo, aumenta a inflamação, embala os quilos e geralmente causa mais mal do que bem. Dito isto, suplementos de alta qualidade são extremamente eficazes quando se trata de cura e perda de peso. Eu recomendo tomar suplementos farmacêuticos de alta qualidade que sejam regulamentados, como a linha Quitoplan. E como eu testei eu posso te afirmar, quitoplan funciona.

  1. Encontre seu saldo.

Uma grande lição sobre o exercício é, como a maioria das coisas, é realmente tudo sobre equilíbrio. Pessoalmente, agora eu como mais calorias e gorduras do que nunca , estou me exercitando muito menos e estou na melhor forma da minha vida. Eu não lhe digo isso para me gabar, mas porque eu costumava acreditar que ficar em forma era 50% de exercício + 50% de nutrição, e agora eu sei que a nutrição é muito mais importante. Como se você se afastar dos treinos longos, é uma boa ideia investir esse tempo extra no planejamento e na preparação de suas refeições e lanches para aproximá-lo de suas metas de peso.  Abs realmente são feitos na cozinha – é um ditado que ficou por um bom motivo. Na verdade, em um compromisso inicial com o cliente, não é raro pedirmos a eles que passem menos tempo na academia e mais tempo fazendo da comida saudável uma prioridade, em vez de tentar “queimar” as coisas juninas que comem quando estão ‘ está com pressa. Você pode queimar calorias da esquerda para a direita fazendo exercícios cansativos na academia, mas consumir quantidades excessivas de carboidratos processados acaba inibindo sua capacidade de acessar e queimar gordura corporal armazenada. Você não pode simplesmente “queimar” os alimentos inflamatórios que você está comendo. Não funciona assim. O primeiro passo é comer no equilíbrio do PFC (gordura e proteína mais saudáveis junto com seus carboidratos!).

 

200 Receitas para diabéticos

Pessoas com diabetes precisam ter muita atenção ao que comem, uma mudança na alimentação é o primeiro passo para construir uma nova fase na vida, principalmente quando adquiriu a doença na fase adulta ou na adolescência, quando então o paladar está habituado aos sabores adocicados.

Quem disse que os diabéticos não podem mais ter o prazer de comer e saborear pratos maravilhosos?

Esse é um grande engano, pensar que não poderá mais degustar bons sabores.

Restrições com a alimentação:

O fato de ter de lidar com as restrições de alguns alimentos está longe de ter que perder a satisfação de comer. O mais importante é não se descuidar e ficar teimando, resistindo as mudanças que são necessárias para o controle da doença.

Com as “200 Receitas Para Diabéticos” o drama de não saber o quais os pratos deve preparar para continuar comendo bem deixa de existir. Todas as receitas foram cuidadosamente elaboradas para que pessoas com diabetes possam voltar a comer com qualidade e, sobre tudo, sem causar danos para a saúde consumindo alimentos e produtos que afetam ainda mais o estado de saúde, elevando as taxas de glicose.

Comer bem e com saúde, esse é o desafio que se torna simples com essas receitas:

Café da manhã, lanches, sobremesas, sopas, almoço, jantar e muito mais receitas sem complicação e com muito sabor.

A ideia de reunir 200 receitas para diabéticos em um único lugar foi pensando em oferecer mais possibilidades de fazer novos pratos ou até os que costumava preparar, sendo que com o devido cuidado para manter a dieta com restrição de açúcar.

Com o conhecimento dessas receitas, facilita no dia a dia a escolha do que preparar e como fazer sem que o diabético se prejudique, ao contrário, todo o projeto de receitas é voltado para pessoas que tem a taxa de açúcar no sangue elevada.

É imprescindível que os diabéticos consultem seu médico sobre a possibilidade de fazer exercício físico, o período de retorno da consulta para fazer o acompanhamento e consultar um nutricionista.

Sinais da Depressão, Cuidados

A depressão é uma doença que afeta milhares e milhares de pessoas em todo o mundo de todas as idades, raça, cor em fim, a doença pode afetar qualquer pessoa, porém quem tem casos na familia e quem tem pensamentos negativos e costuma dormir muito pouco tenha mais chances de sofrer uma depressão.

E essa doença pode se tornar fatal na vida de uma pessoa, se não houver acompanhamento e tratamento adequado, por isso o melhor remédio para curar a depressão é evitar a doença ou reconhecer os sinais e sintomas ainda no inicio, assim ela não tem chances de agravar e pode ser tratada mais rapidamente.

• Entre os principais sinais da depressão está trocar a noite pelo dia, ou seja, dormir durante o dia e ficar acordado a noite ou dormir muito pouco, isso pode trazer desiquilíbrios físicos e psicológicos, a insônia também é um sinal. Outro sinal é o sofrimento antecipado de uma situação, perda do apetite, compulsão ou obsessão para ter as coisas organizadas e tudo no lugar certo, solidão, mudanças constantes no humor, em certo tempo está muito alegre, mas passa a maior parte do tempo em uma tristeza profunda.

Esses são alguns dos sinais da depressão e assim que notar o aparecimento desses sinais procure ajuda!

Preguiça como mandar ela para o espaço

Tem dias que a preguiça bate que você não quer nem levantar da cama, mesmo tentando todas as formas que você imagina parece que o seu corpo não quer reagir, se você também passa por dias assim confira as nossas dicas para mandar a preguiça pro espaço.

Quando amanhecemos com mais disposição o dia rende mais, o seu trabalho rende mais e tudo o que você faz parece ficar ótimo, mas o dia em que a preguiça parece dominar parece que nada vai pra frente, então o melhor a fazer é espantar a preguiça e ganhar muito mais energia para ter um dia com bons rendimentos.

O Segredo para mandar a preguiça pro espaço é movimentar o corpo, se exercitar, é isso mesmo, aquele dia em que você amanhecer com preguiça, faça um esforço levante e tome um bom banho e se exercite, outra dica é ter uma alimentação saudável e ter uma noite de sono tranquila, se você dorme mal à noite consequentemente o seu corpo vai amanhecer cansado e você vai ficar indisposta e com preguiça.

Vá para a cama mais cedo, leia um bom livro, desligue as luzes mais fortes e prepare um ambiente tranquilo para que a sua noite de sono seja super tranquila também, pratique atividades físicas e tenha hábitos mais saudáveis e com certeza você vai espantar a preguiça.